Leituras

Viver Depois de Ti | Resenha

Agosto 22, 2017

Já tinha visto o filme e adorado, por isso tornou-se indispensável a leitura de Viver Depois de Ti, comprado na Feira do Livro de Lisboa deste ano (quem mais foi?). É claro que acabo por apreciar sempre mais os livros, pelos pequenos e grandes detalhes que oferecem uma melhor compreensão dos motivos das personagens e da sua evolução ao longo da obra. No entanto, a adaptação cinematográfica não ficou nada aquém das expetativas e recomendo vivamente!

Viver Depois de Ti conta a história de Louisa Clark, uma jovem de 26 anos que nunca saiu da sua terra natal e que se vê obrigada a procurar novas oportunidades de emprego após ficar desempregada. É então que surge uma vaga para trabalhar como prestadora de cuidados de um tetraplégico e Lou fica surpreendida, não apenas por ser a escolhida como também por se deparar com um jovem galante que vai mudar o seu mundo de todas as maneiras possíveis e inimagináveis. Ao longo de seis meses, Lou terá de aprender a lidar com Will Traynor e seus humores e comentários mordazes, mas também crescerá muito com os seus incentivos. Com ele irá mudar por completo a sua visão do mundo e do que significa realmente viver, ganhando ambições com as quais nunca antes teria sonhado. Will concede-lhe a consciência de todas as oportunidades que a vida lhe oferece e Lou luta para lhe mostrar que vale a pena viver, tal como ele próprio lhe ensinou.

Esta obra, extremamente bem escrita (e traduzida), fala do desapego de uma vida banal e a entrega a um desejo de viver intensamente, antes que os nossos dias se acabem. Os temas sensíveis da tetraplegia, da morte e da liberdade na tomada de decisões impossíveis mexe muito com o leitor e leva a uma reflexão profunda sobre as suas consequências. Tudo isto intercalado pelos comentários espirituosos e divertidíssimos da família da Louisa, que nos deixam sempre com um sorriso na cara. Trata-se, portanto, de uma obra cheia de emoções, tanto negativas como positivas, que nos arrebatam e nos prendem até à última página. Faz-nos questionar e refletir acerca do que andamos a fazer com a nossa vida, as escolhas que tomamos e as que não tomamos com receio das mudanças que daí podem advir, muito depois de terminada a leitura. As personagens ficam connosco, não apenas por serem tão carismáticas, mas por parecerem tão verídicas que acreditamos que algures realmente existiu uma Lou e um Will, que gostaríamos imenso de conhecer.

 

(…) ali ficámos os dois mais algum tempo, dois seres perdidos na recordação de uma música, semiocultos na sombra de um castelo no alto de uma colina iluminada pelo luar.

 

 

Em primeiro lugar, conquistou-me o filme e agora, e com mais intensidade, o livro. Ainda não li nenhum outro que retratasse de maneira tão credível e capaz, de tal forma que nos toca realmente no coração, esta realidade tão difícil e desesperante que é ver-se preso a uma cadeira de rodas. Jojo Moyes faz saltar as personagens para o plano real de uma maneira quase mágica e é difícil resistir ao seu encanto.

Se gostam de leituras envolventes, viciantes e que fazem refletir, esta é definitivamente uma boa escolha!

Ler um excerto do livro | Comprar com 30% de desconto e portes grátis

 

Título original: Me Before You

Editora: Porto Editora

Edição: 1ª edição – maio de 2013 (reimpresso em dezembro de 2016)

 

Para lerem a resenha do seguimento, Viver Sem Ti, basta clicar no título!

2

Only registered users can comment.

  1. Até ao momento, ainda só tive oportunidade de assistir à adaptação cinematográfica, e vou encontro das palavras – “conquistou-me o filme”. Seguindo a leitura do teu conteúdo, vou ser franca, fiquei com alguma curiosidade no livro.

    1. Então toca a ler! Eheheh 😉 Principalmente agora com o seguimento! Não sei se vão dar continuidade em filme, mas eu não aguentava esperar para saber. xD

Comenta aqui!