Viagens

Saudades de Monte Gordo

Agosto 24, 2017

Fui passar uma temporada ao Algarve, quase junto a Espanha, na acolhedora vila de Monte Gordo, com tempo quentinho e sol todos os dias. E não é que, regressando cá para cima, para Lisboa, fica logo o céu cinzento e cai uma chuvada? Que “boas vindas” mais calorosas… Deixou-me logo com saudades de Monte Gordo e da sua tranquilidade. É um sítio perfeito para passar umas férias, com muita praia e piscina. Foi assim que passei a maior parte dos dias, aproveitando a noite para sair. Não há muito que visitar, mas chega perfeitamente se o objetivo for só mesmo descansar e aproveitar para ver lojas e tendas de feiras (incluindo uma feira do livro!), beber uns copos e comer uns crepes ao final do dia.

 

Aparthotel Parque dos Reis

É onde costumo ficar e adoro sempre a experiência! Tem duas piscinas a funcionar e, dependendo do quarto, temos password para entrar na melhor, a central, que é maior e costuma ter a água mais quentinha, provavelmente porque apanha mais raios de sol.

Praia de Monte Gordo

O local onde estive a maior parte do tempo. A água é sempre mais quentinha que nas praias onde costumo ir (como a Fonte da Telha) e há espaço para toda a gente. Fazem-se longas e boas caminhadas ao longo da praia e eu gosto especialmente de ir para os lados da praia de Santo António. Se continuarmos pelo areal fora até ao 2º pontão, já na praia da Ponta da Areia, conseguimos avistar Espanha do outro lado da foz do rio Guadiana. O mais giro é que este ano construíram um passadiço ao longo de toda a praia de Monte Gordo e o resultado ficou incrível! Aconselho a darem um passeio por lá de noite, pois fica tudo iluminado, como se de um caminho de estrelas se tratasse.

Creperia P!NK

Sem dúvida o melhor local para comer crepes! Especialmente agora que a Geladaria Palmeira, aquela onde ia mais vezes e que se situa na Rua Pedro Álvares Cabral, perdeu imensa qualidade no serviço e atendimento ao público. A P!NK situa-se na Rua de Arzila, ao pé de uma praceta com um pequeno parque infantil.

Restaurante Chinês Palácio da China

Sou suspeita porque adoro comida chinesa, mas é o restaurante que mais aconselho para quem gosta do género. Qualidade excelente e atendimento excelente. Só não convém é sentar-se nas cadeiras de metal do lado de fora, principalmente se não tiverem uma almofada, visto que têm um buraco na parte de trás e torna-se bastante desconfortável. Fica na Avenida Infante Dom Henrique, a mais movimentada e próxima da praia.

Origens

A minha loja de bijuteria preferida. Existem 3 na mesma rua que a Geladaria Palmeira, todas com coisas diferentes umas das outras, sendo uma delas para crianças. Os preços podem não ser dos mais acessíveis, mas a qualidade dos produtos compensa. Adoro os designs: têm peças realmente únicas e lindas de morrer! Um relógio dourado que lá comprei há 3 anos ou mais ainda está em excelentes condições!

Feira do Livro

É sempre bom ficarmos a babar-nos para livros a preço de feira, e, claro, aproveitar e comprar um ou outro que queríamos há muito tempo. Foi isso mesmo que fiz: tinha-me esquecido de comprar um na Feira do Livro de Lisboa porque estava noutra banca de venda: Apenas Um Dia. É o livro que estou a ler agora, e já tenho o seguimento! So far so good!

Diversões

Tanto há para adultos, tal é o caso do Casino de Monte Gordo, como para crianças, encontrando-se várias ao longo da avenida.

Vila Real de Santo António

Dá sempre para aproveitar e dar um saltinho por aqui, para passear (ou até pescar, para quem gosta) à beira mar e passear pelas lojas. Na Real cafetaria tem umas tartes mesmo boas e um ambiente muito acolhedor e fofinho. E há muitas lojas para visitar, como a Casa Caravela, que é muito maior que a de Monte Gordo e que, portanto, tem muitas mais coisinhas boas!

Ayamonte

Se querem visitar Espanha sem se adentrarem muito pelo país, sempre podem olhar para Portugal da outra margem do rio, em Ayamonte. Tenham apenas em atenção que o comércio está praticamente todo fechado à tarde, geralmente das 12h-14h às 18h. Por isso, se querem ver a cidade com mais vida e com estabelecimentos abertos, aconselho a irem de manhã ou até mesmo depois das 18h. Não há muito para ver, mas dá para tirar imensas fotos giras!

 

2

Comenta aqui!