Séries

Aliens Week no Canal História

Agosto 30, 2017

Sabiam que estamos a meio da Aliens Week? Quem costuma comprar a revista Superinteressante certamente já sabe, pois em todas as últimas fala nisto. Foi através delas que descobri esta série, também ela super interessante. Os episódios mais recentes, com descobertas de 2016/2017, vão estar a dar todos os dias, de dia 27 de agosto a dia 3 de setembro (de domingo a domingo), às 23h30. Se o tema da vida para além do planeta Terra sempre te interessou e tens um gosto especial pelo sobrenatural, esta série de documentários é perfeita para ti!

Existem, de facto, evidências irrefutáveis sobre a existência de alienígenas e, se não acreditam, não será difícil ganhar uma nova fé depois de assistirem. Misturado com imensos factos históricos, estes episódios levam-nos por caminhos misteriosos onde podemos encontrar:

  1. Construções antigas idênticas em tudo, como se uma planta mestra de arquitetura tivesse sido distribuída por diferentes civilizações, afastadas no tempo e no espaço, atravessando continentes e centenas de anos.
  2. Provas encobertas pelo governo que mais tarde vieram à luz sobre estudos realizados por militares, incluindo com o que seriam ovnis.
  3. Histórias e mitos que parecem ter um fundo de verdade, de deuses que descem das estrelas para ensinar os homens sobre matérias até então desconhecidas ou pouco desenvolvidas, como matemática, engenharia e metalurgia. E que dizer quando se encontram representações de deuses com algo muito parecido a um capacete na cabeça?
  4. Configuração de monumentos de pedra e outras construções segundo uma grelha mundial em padrão geométrico, cujo centro é ocupado pela Grande Pirâmide de Gisé, e cidades da civilização Maia cuja configuração se reflete na das constelações.
  5. Situações historicamente impossíveis de práticas que surgem muito antes da sua suposta invenção, como é o caso das ligas metálicas e fundição. Um caso que me chamou especial atenção foi do punhal encontrado no túmulo de Tutankhamon, que, para além de ser feito de ferro (um século antes da “invenção” e propagação desta prática na Idade do Ferro do Egito), provinha de um meteorito! Como conseguiram, com a tecnologia de que dispunham na altura, trabalhar um material que se esfarela com tanta facilidade e, ainda por cima, sem deixar marcas de pancadas de martelos ou outros utensílios? Para obter uma superfície tão lisa, teriam de utilizar outros métodos de fundição com moldes que exigiriam temperaturas mais altas do que aquelas que eram possíveis na altura. Fica o mistério e, caso queiram ler notícias sobre o assunto, podem consultar o Expresso ou o Observador (basta clicarem).

Isto é apenas um gostinho daquilo que podem descobrir com esta série de documentários tão fantásticos que até me dão arrepios. Que mais haverá ainda por descobrir? A mim deixa-me completamente fascinada, especialmente quando juntam a cultura da antiguidade egípcia (AMO!) e a dos povos americanos pré-colombianos. Por falar nisso, saiu uma revista sobre o assunto este mês, uma edição especial de História da Superinteressante: América Antes de Colombo. É claro que não resisti e comprei logo e aconselho-vos a fazerem o mesmo, caso seja do vosso interesse.

Podem sempre ver os episódios que já deram puxando para trás nas opções do guia de tv na vossa box, por exemplo, mas acredito que voltem a repeti-los. Esta é a série Alienígenas, e os episódios mais recentes pertencem à 10ª temporada, começando no episódio número 121, mas há muitos outros e ainda passam episódios mais antigos desta mesma série.

Posso não acreditar nos típicos extraterrestres dos filmes, mas não tenho qualquer dúvida de que exista vida fora desta pequena galáxia, mais avançada que a nossa. Que outra explicação plausível poderíamos encontrar para tais fenómenos? Isso já fica ao critério de cada um.

3

Only registered users can comment.

    1. Não podia concordar mais! Quer já tenham interagido realmente connosco ou não, é demasiado improvável sermos os únicos seres vivos num universo tão vasto. De qualquer forma, adoro mitos e ainda não perdi nenhum episódio! 😍

      1. E de facto existem muitos factos que não são explicáveis. Já para não falar das probabilidades, sermos o único planeta com vida entre milhentos outros é muito improvável.

Comenta aqui!